terça-feira, 4 de outubro de 2011

Nesses lugares...

Tudo começa com um anseio, algo que vem de dentro, do coração...um anseio de libertação...

Depois de decidido, pega-se a estrada, com animação de sobra, e com aquele ar de mistério que invade e excita para novas experiências...

Chegando na base dos gigantes, a ansiedade toma conta, e a sede de conquista logo vem a tona...

Logo se entra no caminho...e passo-a-passo a civilização vai ficando para trás...

E aos poucos também com o foco na trilha, tudo aquilo que se junta na mente, vai se dissolvendo...a magnitude da paisagem começa a nos dar mais consciência, sanidade, calma...

Não se engane, por mais que já tenha ido, surpresas sempre são possíveis!


O caminho se se modifica, há momentos onde não fica claro onde se está exatamente...

Mas logo o caminho muda novamente, e é revelado para onde estamos indo...

Seguindo nesse rítmo sem pressa e descontraído, o objetivo é conquistado!


Depois da conquista, só resta relaxar e curtir o visual

Embora sejamos muitos pequenos, nos sentimos grandes!

Já lá em cima, não existe quase nenhuma preocupação, apenas coisas "simples", como montar o abrigo no local melhor localizado e com a melhor vista...

Atos comuns como comer uma fruta, se tornam muito especiais e nos fazem aprecia-los...

Até esses atos comuns, depois de se mostrarem especiais, dão muito alegria e satisfação, nos vem uma sensação de o quanto deixamos passar quando estamos em outros lugares mais agitados...

A cidade e tudo o que nela existe fica tão distante, e essa ausência se ressalta em nós também, parece algo como uma lembrança, um sonho, pois tamanha é a realidade que se faz presente...

A cada minuto que o tempo passa, o lugar se mostra mais e mais bonito...

Com o movimento sem fim, a claridade começa a nos deixar...

E o rei se vai...

Algo tão especial quanto ele surge, a rainha...seu brilho é misterioso, mas de forma diferente também chega até nós...a noite é muito silenciosa e bela com as luzes das estrelas que parecem infinitas...

Depois dessa noite única, o dia renasce, o astro retorna, de forma tão linda como foi embora...

Tudo que havia se misturado numa única escuridão, começa a tomar formas particulares... 


Com seu renascimento, algo em nós começa a renascer  também...

A luz!!!

Para ela fica difícil brilhar junto com ele...e com uma espécie de acordo, ela dá lugar a ele novamente. Os dois se completam, mas brilham separadamente...

Após esse espetáculo, o equilíbrio em nós é sentido de forma mais intensa...

Um novo dia vem, ninguém sabe o que é possível acontecer...

Até gigantes podem desaparecer...

Depois do banho de sol, banho de lua e estrelas, um banho de rio também não é nada mal.

É assim que eu sinto a ida nesses lugares, onde a magia natural se faz totalmente presente!



8 comentários:

  1. Opa!

    O lugar fica entre Antonina e Campina Grande do Sul.

    Pra saber mais esse é o site de uma fazenda que dá acesso fácil as montanhas:

    http://fazendapicoparana.altamontanha.com/

    ResponderExcluir
  2. Créditos ao Gustavo, a maioria foi ele quem tirou... =)

    ResponderExcluir
  3. Massa o post lehcim

    continua postando que eu sempre to visitando aqui

    abrax

    ResponderExcluir
  4. é uma questão de honra... ainda vou numa dessa com vcs...

    ResponderExcluir
  5. Que barca irada, e esse teu post aliando as frases às fotos está magistral.
    Dá pra sentir a vibe. Acho que nem um vídeo conseguiria superar esse efeito da leitura com a visualização das fotos.
    Essas experiências junto à natureza são uma benção.
    Abraço, falou!
    Gustavo

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...